• Críticas
  • Bônus
  • Lista61

#415-Cleópatra

Textos relacionados

Começou nesta terça o 40º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro. Leia aqui a cobertura completa (ou quase) do meio evento da indústria cinematográfica do Brasil! A terceira noite da Mostra Competitiva 35mm foi muito esperada.

O cine Brasília estava abarrotado de pessoas curiosas e cinéfilos ansiosos para assistir ao novo trabalho de Júlio Bressane. “Cleópatra” foi selecionado no festival do ano passado, mas foi desclassificado porque o longa não ficou pronto na data certa. Para concorrer novamente ao festival, o diretor guardou o filme durante um ano, já que somente produções nacionais podem concorrer ao Troféu Candango.

Não deixe de ver logo abaixo um vídeo exclusivo do Festival!

Foram apresentados nesta sexta-feira os curtas “O Presidente dos Estados Unidos”, de Camilo Cavalcante e “Uma“, de Nara Riella, seguidos do longa “Cleópatra“, de Julio Bressane. Como sempre, a primeira sessão começou às 20:30, com reprise às 23:00.

Cleópatra

O que esperar de Cleópatra? A história de uma das mulheres mais importantes da História é mostrada com um olhar brasileiro. Júlio Bressane não quis fazer um filme para todo mundo. Apesar do elenco global, a produção é alternativa, artística e cheia de lirismo, característica do diretor. O papel-título fica por conta de Alessandra Negrini. Ela interpreta a rainha do Egito, representante de Ísis na Terra.
  


O longa mostra principalmente os relacionamentos que ela teve, em especial com Júlio César (Miguel Falabella). Quem espera ver uma reconstituição de época hollywoodiana, vai se surpreender. O longa não recria o Egito antigo como “A múmia” ou “O retorno da múmia“, mas garante uma ótima e convincente ambientação. Destaque para a belíssima fotografia, que valoriza os detalhes dos cenários. A trilha sonora forte também colabora e intensifica os sentimentos das personagens.

Cleópatra” é um filme bonito. Visualmente estiloso e com cenas e ângulos bem originais. Em certos momentos, algumas cenas de sexo lembram levemente “Calígula“. Mas não no sentido da perversão e sim do clima de antiguidade. O misticismo da cultura egípcia não foi esquecido e o filme mostra cenas literalmente encantadoras, além de danças e figurinos bonitos.

No elenco também está Karine Carvalho (de “Brasília 18%“), que estava presente no lançamento do longa junto com Alessandra Negrini e demais membros da produção (veja video abaixo). Gostei muito do filme porque é cheio de poesia. Entretanto não é um longa fácil. A duração (quase 2 horas) pode comprometer quem espera um filme comum. Mas em “Cleópatra” o ritmo é diferente. Ame ou odeie. Eu já tomei a minha decisão!
Cotação do Dai:
DaiblogDaiblogDaiblogDaiblog

Cleópatra (Brasil, 2006) Dirigido por: Júlio Bressane Com: Elenco: Miguel Falabella, Alessandra Negrini, Bruno Garcia, Josie Antello e Karine Carvalho…

Veja aqui o trailer do filme “Cleópatra“:

Uma


Uma” é o primeiro curta de Brasília exibido na mostra competitiva 35 mm. O filme mostra a história de uma mulher triste. Os motivos dela são mostrados no decorrer do filme. A rotina entediante e um casamento morno podem ser as razões para o desânimo. Bem filmado e dirigido. Destaque para os créditos do curta, muito bem feitos.
Cotação do Dai:
DaiblogDaiblogDaiblog
Uma (Brasil, 2007) Dirigido por: Nara Riella. Com: Anna Canton, André Deca e Érica Lacerda.O Presidente dos Estados Unidos


Sinopse oficial: 2003. Pela TV, George Bush declara guerra ao Iraque. No Curado IV, Carlinhos declara guerra a Teresinha. Seria cômico se não fosse trágico.”O Presidente dos Estados Unidos” foi a terceira produção pernambucana no festival de Brasília. E foi a que se saiu melhor até agora. O filme mostra a loucura de um homem que pira quando fica sabendo da guerra do Iraque. Cenas engraçadas e final dramático.
Cotação do Dai:
DaiblogDaiblogDaiblog

O Presidente dos Estados Unidos (Brasil, 2007) Dirigido por: Camilo Cavalcante com: Elenco: Silvio Pinto, Daniela Câmara, Miguel Taveira e Samuel Santos.

Leia também sobre outros filmes do festival: “Amigos de risco” e “Meu mundo em perigo

“.

E veja aqui abaixo o vídeo do diretor e equipe do filme “Cleópatra” falando sobre o longa-metragem na noite do lançamento. Bressane pede paciência em tolerância da platéia, afinal o filme tem quase duas horas de duração e foi exibido depois dois curtas!

Exclusividade nacional do Daiblog especialmente dedicada aos leitores.

não deixe de ler

Artigo anterior#414-Meu mundo em perigo
Próximo artigo#416-Falsa loura

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Conheça a filmografia de Kiyoshi Kurosawa

Kiyoshi Kurosawa nasceu em Hyogo Prefecture, em 19 de julho de 1955 e trabalhou como assistente de direção de Shinji Somai em Sailor Suit...

Perfil: O talento do veterano documentarista Vladimir Carvalho

Vladimir Carvalho mora em Brasília desde os anos de 1970, depois de longa atividade no Rio de Janeiro, onde foi colaborador de Eduardo Coutinho,...

Tudo sobre a atriz e produtora Margot Robbie

Margot Robbie é uma talentosa atriz que cativou audiências no mundo todo com incríveis performances ao lado de notáveis nomes no cinema. Continuamente evoluindo...