#1098-Eles Voltam

Eles Voltam foi o primeiro longa-metragem de ficção exibido no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro deste ano. O diretor Marcelo Lordello retorna ao evento depois do documentário Vigias e do curta Nº 27. Novamente o cineasta que mora em Pernambuco opta por usar não-atores no elenco, o que passa um sentimento de veracidade interessante na história. Ponto para ele!

O filme fala de Cris (Maria Luiza Tavares) e Peu (Georgio Kokkosi), dois irmãos que são abandonados pelos pais no meio de uma estrada. Eles esperam o carro voltar e demoram a entender o que aconteceu – o que corresponde a uma sequência inicial longa e agoniante. O início realmente consegue transmitir muito bem a ideia da monotonia e espera vivida pela protagonista Cris.

Depois a trama ganha um ritmo mais ágil, quando a jovem de 12 anos sai pelo interior de Recife. É quando ela conhece pessoas e realidades sociais bem diferentes. A aventura prende a atenção pelo inusitado e pelas interrogações que permeiam a história. Nota-se que Maria Luiza leva jeito para o cinema e tem uma presença muito boa nas câmeras, bem como o resto do elenco.

Passados cerca de 3/4 da projeção, entretanto, os principais pilares que sustentam o longa vão enfraquecendo, a medida que se resolvem. Mesmo assim mais alguns minutos são exibidos, com cenas que não acrescentam muita coisa. Conhecemos os dois lados da vida da menina Cris – o que ela aprendeu e o que ela está acostumada a viver – e é possível perceber como ela mudou depois da experiência na estrada. Aplaudido no final da projeção, Eles Voltam exige paciência é um bom filme.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui um teaser do filme Eles Voltam:

Eles Voltam (Brasil, 2012) Dirigido por Marcelo Lordello. Com Maria Luiza Tavares, Georgio Kokkosi, Elayne de Moura, Mauricéia Conceição, Jéssica Silva, Irma Brown, Clara Oliveira, Germano Haiut e Teresa Costa Rêgo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui