• Críticas
  • Lista61

Crítica: 45 Anos e o desgaste de um casamento ‘perfeito’

Textos relacionados

*Por Leonardo Resende – hashtagcinema@daiblog.com.br

Para aqueles que vivem em um casamento longo, filmes que retratam relacionamentos de maneira crua são sempre vistos com dois sentimentos: a antipatia e a empatia. Algumas películas encenam – de maneira assustadoramente realista – aquele desgaste emocional de um casal. Namorados Para Sempre (estrelado por Ryan Gosling e Michelle Willams) foi um exemplo sórdido, porém brilhante. O mais novo dos exemplos é 45 Anos, estrelado por Charlotte Rampling e Tom Courtenay. Indicado ao Oscar de Melhor Atriz, este filme causa as duas emoções citadas de modo magistral.

O casal Kate e Geoff Mercer está organizando sua festa de 45 anos de casamento. Momento perfeito para que ambos analisem seu relacionamento perfeito e durador. Tudo isso pode ser arruinado quando Geoff descobre algo terrível sobre o desaparecimento de uma antiga paixão.

Charlotte Rampling, que dá vida a Kate, abraça sua personagem com muito esforço e comprometimento. Rampling, que vinha construindo uma carreira sólida nas terras inglesas, mostra algo mais intenso aqui do que seus personagens secundários de outras obras. Não há muito o que dizer sobre Tom Courtenay, que interpreta o rancoroso e sisudo Geoff. Muito da sua petulância é uniforme e ele é nem um pouco flexível. A arrogância da velhice de Geoff é dispensável.

Mais créditos à Rampling, que se desfaz a cada descoberta do passado de Geoff. Atualmente a política e a academia (leia-se Oscar), estão andando juntas e isso fez Rampling perder sua chance com o homenzinho dourado ao declarar que ‘existe racismo inverso em Hollywood’. Ativismos a parte, sem Rampling, 45 Anos seria apenas mais outro drama de crise existencial em que uma e outra solução fizesse o filme acabar bem. Com a tristeza da protagonista, o cinema prova que nem tudo são flores.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme 45 Anos:

 

não deixe de ler

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Selton Mello na frente e atrás das câmeras

Um dos atores mais aclamados de sua geração no Brasil, Selton Mello tem se firmado como um cineasta original, de inquietações pessoais, dono de...

Perfil: o grande cineasta italiano Michelangelo Antonioni

Consagrado diretor italiano, Michelangelo Antonioni nasceu em Ferrada, norte da Itália, em 19 de setembro de 1912. Antes de iniciar sua carreira como cineasta,...

Perfil: os trabalhos do cineasta Paulo Morelli

O cineasta paulista Paulo Morelli é um dos criadores da produtora Olhar Eletrônico, referência na produção independente no anos 90 e um dos fundadores...