O mundo atual é retratado na mostra Terra em Transe

Textos relacionados

O Brasil vive um momento particularmente conturbado na esfera política e social, marcada por muitos conflitos e disputas, seja no campo físico e das ruas, seja no dos discursos e das chamadas “narrativas”. O cinema, como uma arte constantemente atravessada pela realidade, não poderia estar à parte desse processo e a produção brasileira tem dado vazão a uma quantidade enorme de obras que refletem essa condição, tratando dos seus diferentes aspectos. Homenageando com seu nome o clássico do cinema brasileiro que completa 50 anos justamente em 2017, a mostra paralela Terra em Transe exibirá cinco longas em sessões vespertinas em 23 e 24 de setembro no Cine Brasília. No dia 18, como um “aperitivo” para os filmes, um debate discutirá justamente esses momentos em que o cineasta é chamado a filmar “no calor da hora” e a refletir com sua arte sobre o contexto sócio-político em que está inserido.
Intervenção – Amor Não quer Dizer Grande Coisa – Direção: Rubens Rewald, Tales Ab’Sáber (Rewald & Ab’Sáber) e Gustavo Aranda – Documentário, 76 min, 2017, SP, 14 anos – “O estado de exceção e a inimizade se converteram na base normativa do direito de matar. Nessas situações, o poder (que não é necessariamente um poder estatal) faz referência contínua e invoca a exceção, a urgência e uma versão ficcionalizada do inimigo”. Achille Mbembe
Camocim
Camocim – Direção: Quentin Delaroche – Documentário, 76 min, 2017, PE, livre – A cada quatro anos, o cotidiano calmo e tranquilo de Camocim de São Félix, pequena cidade de Pernambuco, é chacoalhado. Durante a campanha municipal, a cidade se divide em duas e todas as vidas parecem orbitar em torno da política. No meio deste mercado eleitoral, Mayara, 23 anos, tenta fazer uma campanha “limpa” para eleger seu candidato e amigo César.
Operações de Garantia da Lei e da Ordem – Direção: Júlia Murat – Documentário, 83 min, 2017, SP, 14 anos – Documentário sobre a relação entre a representação e o representado, a narrativa e o fato, a imagem e o acontecimento a partir da relação entre a mídia e as manifestações que ocorreram no Brasil no período de junho de 2013 a julho de 2014. Como mídia, compreendemos todo e qualquer tipo de criação de imagem e de texto publicados em algum sistema de comunicação (TV, internet, rádio, material impresso e distribuído).
Escolas em Luta
Escolas em Luta – Direção: Eduardo Consonni, Rodrigo T. Marques e Tiago Tambelli – Documentário, 77 min, 2017, SP, Livre – No estado mais rico e um dos mais conservadores do Brasil, o modus operandi da educação pública sofre um revés quando estudantes secundaristas reagem ao decreto oficial que determina o fechamento de 94 escolas e a realocação dos alunos. A resposta estudantil surpreende.
Contagem Regressiva – Direção: Luis Carlos de Alencar – Documentário, 93 min, 2016, RJ, Livre – A cidade do Rio de Janeiro foi dilacerada pela realização dos megaeventos. Durante a preparação para os Jogos Olímpicos, toda a já histórica tradição de violência de Estado se intensificou na cidade maravilhosa.

não deixe de ler

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Conheça a carreira do ator Mark Ruffalo

Com uma extensa lista de créditos em filmes os mais diversos, Mark Ruffalo é um dos mais requisitados atores de Hollywood. Recentemente, Ruffalo concluiu...

Selton Mello na frente e atrás das câmeras

Um dos atores mais aclamados de sua geração no Brasil, Selton Mello tem se firmado como um cineasta original, de inquietações pessoais, dono de...

A versatilidade do ator Jake Gyllenhaal

O ator indicado ao Oscar Jake Gyllenhaal se firmou como um dos mais promissores de sua geração. Suas atuações comoventes e variadas conquistaram público...