Kakegurui mostra jogatinas no limite da insanidade

O anime Kakegurui é uma produção Shōnen (voltada para o público masculino) do estúdio Mappa em que a hierarquia social é determinada pela habilidade nos jogos de azar. Nosso universo é uma escola de elite japonesa, mas as implicações das vitórias e derrotas nesse ambiente podem determinar a vida dos estudantes. Ainda que não seja aprofundado no anime, existe uma relação entre a liderança política nacional e o destino das principais famílias, costurando uma relação entre poder, riqueza e habilidade nos jogos.
Pelos olhos de Ryota Suzui, imergimos nesse mundo de jogos e apostas. Mesmo sendo o protagonista, Ryota Suzui está longe e ser o personagem principal. Na verdade, ele está mais perto daquilo que entendemos de um “perdedor” (bottom-ranked) dentro do universo das animações japonesas. Ele não tem o brilho pessoal, não é bom nas cartas e é pobre. Desde o começo da animação ele é dominado e subjugado por outras personagens femininas.
Pelos olhos de Ryota conhecemos a nova aluna da Academia Hyakkaou, a caloura Yumeko Jabami. A beleza e ingenuidade da estudante fazem dela uma aparente presa dentro desse sistema cruel. Mas ao contrário do que Ryota imagina, Yumeko é um monstro: insana, destrutiva e altamente competitiva. Dona de uma mente tão brilhante quanto desequilibrada, Yumeko vai revirar a hierarquia escolar com seu vício em jogos.
Kakegurui é uma série em que não faltam personagens femininos fortes. Merece destaque também a abertura da animação: o caos de elementos, cores e símbolos consegue sintetizar a insanidade desse universo sem entregar spoilers. Os 12 capítulos da primeira temporada são poucos para tantos acontecimentos. Ainda assim, a animação é envolvente e cativa pelos personagens sedutores e malucos.

Cotação do Cine61: Cine61Cine61Cine61Cine61

*Por Túlio Villafañe – Especial para o Cine61

Veja aqui a abertura da animação Kakegurui:

 
Kakegurui (Japão, 2017) Com as vozes de Saori Hayami, Minami Tanaka, Tatsuya Tokutake…

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui