• Festivais
  • Lista61

Comentários sobre o curta Mesmo Com Tanta Agonia (SP)

Textos relacionados

A quarta noite da 51ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro lotou mais uma vez o Cine Brasília. Desta vez, São Paulo e Minas Gerais que ganharam a telona com produções que retratam o universo feminino com um quê de surrealismo e poesia. Os filmes do dia fizeram ainda uma crítica voraz à banalização das redes sociais. A começar pelo curta-metragem Mesmo Com Tanta Agonia (SP), de Alice Andrade Drummond, que mostra a rotina de uma jovem que tem sua viagem de metrô interrompida após uma pessoa ser encontrada nos trilhos do trem.
O filme começa com uma bela fotografia dentro da cozinha de um restaurante. Por lá, a jovem trabalha no preparo dos pratos para atender os clientes e troca figurinhas com as colegas de trabalho. Depois, ela sai e enfrenta a lotação cotidiana do metrô na cidade de São Paulo. É quando acontece uma tragédia. Mas sua vida não para. Em meio ao casos e a um vazio existencial, de repente são fatos menores que ganham o foco. Meninas que comemoram o aniversário de uma amiguinha e começam a gravar stories (Instagram) e vídeos sobre o acontecimento.
Nesta hora, o filme assume uma narrativa surrealista e sem nexo com o foco principal da história. As gargalhadas acompanham o nonsense e a festa das meninas nas redes em busca de mais curtidas e seguidores. Se era para fazer uma crítica, no entanto, o curta fica na superficialidade de acontecimentos que não se fecham e são apenas jogados para o espectador.

*Por Clara Camarano – contato@cine61.com.br

não deixe de ler

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Perfil: O talento do veterano documentarista Vladimir Carvalho

Vladimir Carvalho mora em Brasília desde os anos de 1970, depois de longa atividade no Rio de Janeiro, onde foi colaborador de Eduardo Coutinho,...

Conheça a filmografia de Kiyoshi Kurosawa

Kiyoshi Kurosawa nasceu em Hyogo Prefecture, em 19 de julho de 1955 e trabalhou como assistente de direção de Shinji Somai em Sailor Suit...

Cinema especial – Cameron Diaz

CAMERON DIAZ fez sua estreia no cinema aos 21 anos, cativando os cinéfilos como a femme fatale Tina Carlyle em “O Máscara”. Além de...