• Críticas
  • Lista61

Torre das Donzelas é manual sobre como viver em tempos sombrios

Textos relacionados

O diretor ceilandese Adirley Queirós criou um novo jeito de filmar documentários: a fábula documental, que mescla personagens e histórias reais com a ficção. No documentário Torre das Donzelas, não de Adirley, mas com direção e roteiro de Susanna Lira, existe um pouco da fábula documental inventada por Adirley.

O documentário aborda um lado da história brasileira que, para alguns, não existiu: a ditadura militar. Com depoimentos de mulheres que foram presas na década de 1970 durante o regime, detidas no Presídio Tiradentes, em São Paulo, o doc sai do lugar-comum em relação aos filmes que tratam do mesmo tema. O filme explora outro lado: o que as presas políticas faziam para suportar o dia a dia dentro do cárcere.

A fábula vem com as mulheres recriando a prisão a partir de desenhos. O cenário imaginado por elas é criado e o cárcere cenográfico é montado dentro de um estúdio onde o filme foi rodado. As cenas contadas pelas mulheres também são revividas por atrizes. Com esses recursos, o documentário não é sisudo como outros do gênero e cria uma experiência imersiva, não só para quem assiste, mas para os próprios depoimentos das mulheres, que conseguem se emocionar e resgatar os momentos vivendo no cárcere. O filme conta com depoimentos como o da ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

O documentário também foge do lugar-comum de outros filmes que tratam do assunto ditadura militar. As torturas que as presas sofreram são contadas, mas não são o tema principal do doc. O que as presas faziam no dia a dia, como organizar grupos de leitura, jogar, cozinhar e analisar conjunturas mostram outro lado do cárcere: aquele que resiste aos tempos sombrios.

*Por Vinícius Remer – contato@cine61.com.br

não deixe de ler

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Cinema Especial – Rebecca Hall

Rebecca Hall é um dos jovens talentos mais intrigantes do mundo. Hall pode ser vista como Caroline Crushing em Frost/Nixon de Ron Howard, filme...

Cinema Especial – David Fincher

David Fincher estreou como diretor longas-metragens em 1992, com Alien 3. Em 1995, dirigiu Se7en – Os Sete Crimes Capitais, o celebrado drama policial...

Tudo sobre a diretora e atriz Helena Ignez

Helena Ignez estreou como atriz em 1959 sob a direção de Glauber Rocha, no curta metragem Pátio. A partir de então, atuou em um...