Instinto: é possível se apaixonar por um estuprador?

Textos relacionados

Escolhido pela Holanda para concorrer ao Oscar 2020 na categoria de melhor filme estrangeiro, Instinto é um drama com tons de suspense que fala sobre a complexidade dos sentimentos e ações das pessoas. Quem protagoniza a trama é Nicoline (Carice van Houten), um psicoterapeuta que passa a trabalhar numa cadeia para substituir um funcionário que se afastou por estafa. Lá, ela assume o caso de um homem chamado Idris (Marwan Kenzari, o Jafar, do live action de Aladdin).

Idris está internado por cinco anos e prestes a conseguir a liberdade, uma vez que todos da instituição acreditam que ele melhorou o comportamento e não representa nenhum risco à sociedade. Mas Nicole pensa exatamente o oposto. Ela tem certeza que ele está fingindo e enganando a todos. E o crime de Idris é grave: ele foi responsável por uma série de crimes sexuais graves. Esse histórico faz com que Nicoline tente atrasar sua soltura.

Instinto tem uma premissa muito boa e é um filme sobre conflitos internos. Nicoline é uma personagem complexa, que quer provar que está certa e que Idris não tem boas intenções. Mas até que ponto ela está disposta a comprovar sua suspeita? Outra questão abordada é o perigoso interesse no condenado, um homem vaidoso, manipulador e com um charme que pode ser fatal. Entre a paranoia e a desconfiança, a história avança de um jeito morno, pelas entrelinhas.

Um dos pontos fortes é a atriz principal, que tem a força e a fragilidade que o papel exige. Ela consegue expressar bem a ambiguidade dos sentimentos da protagonista. Isso sem falar em alguns momentos bem incômodos sobre a perturbadora relação entre ela e a mãe. Instinto é um filme correto, mas que poderia se sair bem melhor se o roteiro optasse por aumentar o suspense e diminuir o drama. É por isso que o final, sem grandes surpresas, não empolga.

*Por Michel Toronaga – micheltoronaga@cine61.com.br

não deixe de ler

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Veja também

Cinema Especial – Rachel McAdams

Rachel McAdams em breve estará na comédia romântica “Morning Glory”, na qual contracena com Harrison Ford, Patrick Wilson e Diane Keaton sob a direção...

Cinema Especial – Kathy Bates

Kathy Bates já foi homenageada inúmeras vezes por seu trabalho em teatro, cinema e televisão. Venceu o Oscar® e o Globo de Ouro pelo...

Cinema especial – Taylor Lautner

Taylor Lautner interpreta um lobisomem no meio de um triângulo amoroso humana/vampiro/lobisomem intensificado em A Saga Crepúsculo: Lua Nova após se estabelecer no fenômeno...